29 de março de 2020

O Mundo Pós-Pandemia do Coronavírus

O Que Vai Acontecer Com o Mundo Depois da Crise Pandêmica?



Vamos falar sobre o quanto essa doença vai mudar no mundo? O que ela vai nos tirar e o que ela vai nos trazer? O mundo vai ficar ruim?

Primeiramente vamos para a parte da Cultura, o que vai mudar na cultura mundial por conta do vírus? simples, o próprio cumprimento vai mudar, as pessoas vão passar a manter uma certa distância, o velho aperto de mão não vai ser uma coisa tão comum, e se você pensa: Ha não vai mudar tanto assim ainda vai existir!

Meu amigo Genildo reflita uma coisa, toda vez que você cumprimentar alguém logo tem de lavar as mãos, com álcool em gel ou água e sabão, logo vai se tornar mais fácil para não ficar lavando as mãos toda hora e gastando com isso seria não cumprimentar usando as mãos, ou inventar outra forma de cumprimentar seu amiguinho, e você mesmo vai adotar esse meio de cumprimento e espalhar para as outras pessoas, tipo uma piscadela de longe, um balançar da cabeça em sinal de positividade, ou somente um levantar de mão a fim de dar um oi, ou você pode fazer o cumprimento do Sr. Spock de Star Trek fica a tua preferência.

A Tele entrega vai ser mais segura e as pessoas vão passar a adotar mais isso, pois você evita de ir em estabelecimentos fechados, ou simplesmente os restaurantes e outros estabelecimentos como mercados irão adotar uma higienização do lugar mais rigoroso, os restaurantes por exemplo podem aderir em atender ao ar livre, táxis, ônibus ou ubers talvez sejam menos usados ou ao invés de te oferecer água e balinha vão te oferecer álcool em gel, e os ônibus podem adotar acentos mais espaçosos para evitar contatos com outras pessoas e uma higienização mais rígida principalmente nos banheiros.

Na Educação podemos ver pessoas estudando a distância com facilidade, esse método já era utilizado no entanto veio a ser mais usado nesse período de crise pandêmica, significa que mais para a frente o meio a distancia de ensino pode melhorar e ser ainda mais explorado tanto por professores como por alunos, eu por exemplo me disponho a fazer um blog de minha profissão para que vocês aprendam e estejam informados, no entanto é de graça, e para que instituições particulares não percam dinheiro com a mudança drástica de ensino irão fazer os sites serem pagos pelos alunos para que possam usa-los e usufruir de qualquer ensino de sua preferência, aulas práticas podem ser feitas ainda nas instituições por justa causa, até o momento não é? Vai que muda também.

Cinemas, teatros ou museus podem mudar também, como sabemos são lugares com muita aglomeração então eles podem sim querer adotar uma novo método de higienização do local ou do próprio individuo para que possa transitar pelo lugar sem contaminar nada, imagine sala de descontaminação igual nos filmes de ficção cientifica, pode ser comum, não se sabe, o Cinema por outro lado pode sofrer uma queda de público já que a maioria dos filmes já eram liberados para seus computadores e TVs e agora com a crise podem ser ainda melhor e mais pratico fornecer ao público em casa se ele dispõe de dinheiro para esse beneficio.

Agora vamos para a Economia, você assim como todo ser humano gosta de dinheiro, poder sentir nas mãos aquelas notas bonitas de 100 reais, mas e se de repente não fosse mais comum usar o dinheiro, nem moedas nem cédulas, sim isso pode ser comum, mais do que pensamos, as moedas e cédulas passam de mãos em mãos por milhares de pessoas em um só dia, então já é utilizado hoje os cartões ou dinheiro virtual podem se tornar mais inclinados a vagar pelo mundo, ou simplesmente o QR code que já é uma realidade em alguns lugares do mundo, por serem mais seguros e práticos e você evita contaminação.

O Investimento pode subir e os investidores irão lucrar depois da crise, isso é fato, durante séculos as pessoas se aproveitam da redução dos custos de empresas nas crises para que possam lucrar e fazer os outros crescerem e subir na frente de outros que estão falindo, empresas que não se adaptam na crise acabam morrendo assim como na natureza na seleção natural, cabe a você saber qual empresa é a melhor opção e se ela vai se adaptar a tal crise, se fizer isso será uma vitória só sua.

Hospitais, Farmácias, Clinicas entre outras áreas que mexem com a saúde terão um crescimento e desenvolvimento ainda maior, pesquisas estarão avançadas, remédios novos surgirão, áreas de profissão surgirão entre muitas outras coisas a fim de prevenir e tratar as doenças mais graves já que esse vírus é conhecido como "Vírus Oportunista" pois ele mata os que já possuem uma doença ou imunidade baixa mais rapidamente.

Na Política veremos desde agora até o futuro, líderes caindo rapidamente devido as tomadas de escolha na época do surto pandêmico, veremos leis mais rigorosas em questão da saúde para o bem do povo, e tomada de decisões mais difíceis, vereadores vão usar da crise para se elegerem no futuro, fazendo campanhas relacionada ao que tomaram de providências na época da crise. Veremos também que reuniões podem não ser mais presenciais e que à distância as discussões podem ser mais eficazes nas prevenções de doenças, imaginem Star Wars, lembram dos hologramas? Pois então, isso pode se tornar uma realidade num futuro não tão distante.

28 de março de 2020

A Peste Negra (parte 3/3)

As 3 ondas epidêmicas da Peste Negra?!


Vamos continuando rapazeada, a Peste bateu na porta da Russia em 1347 ao sul da estepe, as tropas estavam voltando para Bagdade após uma campanha militar na estepe de Azerbeijão, com isso a doença alcança o Egito, Palestina e Antioquia em 1348, a cidade de Meca teve a epidemia em 1349 tendo sido trazida pelos peregrinos durante o Haje (uma peregrinação Muçulmana), depois chega em Lémen no ano de 1351, as mortes foram muitas, a doença reduziu em um quarto da população.

A Peste ainda fez vítimas em Veneza, Gênova e para em Sicília em julho de 1347, fazendo uma viagenzinha para Túnis em 1348 onde a Peste deu uma parada também para mais vítimas, a transmissão era extremamente rápida logo as cidades onde conhecemos hoje como Argélia e Marrocos estavam completamente tomadas pela doença, a epidemia chegou a matar cerca de 1000 pessoas por dia em Túnis, em pouco tempo todo o mundo Islâmico estava contaminado pela Peste cerca de 50% da população tenha sido morta pela doença mais ou menos um terço dos habitantes. Em pouco tempo a Europa sentiu a doença tomar conta da cidade de uma maneira impressionante, e o mundo sofre economicamente, politicamente e socialmente, algo sem precedentes, no Cairo a situação econômica foi tão grave que as produções agrícolas entre os anos de 1348 e 1349 foi isenta de taxação para não sumir, lá perderam cerca de 7000 habitantes por dia.

Como vocês sabem, se não sabem agora vão saber, foram 3 epidemias no mundo, uma nos anos de 1300 a segunda lá por 1500 até 1600 e a terceira e última foi nos anos de 1800. Essa terceira epidemia iniciou pelo que se acredita na estepe de Manchúria, onde as marmotas que possuíam a mesma pulga foram caçadas pelos imigrantes chineses que vendiam para o Ocidente, claro que logo em seguida se espalhou por toda China, não demorou muito para outros lugares do mundo serem infectados novamente inclusive o Brasil, mas foi muito mais rapidamente controlada, cerca de 12 milhões de chineses e indianos morreram. 

27 de março de 2020

Peste Negra (parte 2/3)

O Que a Peste Negra Gerou?

Lembram que eu Falei sobre o relato do Papa Clemente VI, pois então vou deixar seu relato histórico aqui.

"A grande mortandade teve início em Avinhão em janeiro de 1348. A epidemia se apresentou de duas maneiras. Nos primeiros dois meses manifestava-se com febre e expectoração sanguinolenta e os doentes morriam em três dias; decorrido esse tempo manifestou-se com febre contínua e inchação nas axilas e nas virilhas e os doentes morriam em 5 dias. Era tão contagiosa que se propagava rapidamente de uma pessoa a outra; o pai não ia ver seu filho nem o filho a seu pai; a caridade desaparecera por completo". E continua: Não se sabia qual a causa desta grande mortandade. Em alguns lugares pensava-se que os judeus haviam envenenado o mundo e por isso os mataram."

Houve um movimento grande de médicos dispostos a ajudar as vítimas da Peste, para isso foram inventadas as famosas roupas da Peste Negra que sitei no post passado, alguns deles não aceitavam chegar muito perto dos doentes e usavam um tipo de faca com 1,80 cm de comprimento para cortar as feridas chamadas de Bubões na época. Claro que algumas regiões foram poupadas da Peste como a Milão e a Polônia, vamos então falar sobre alguns lugares que sofreram da Peste.

China em 1334 relatou a Peste em Hubei, casos esses bem isolados pelo que se parece, na época do domínio dos Mongóis em meados de 1353 e 1354 a epidemia se tornou maior e os chineses estimaram uma redução de 1 a 2 terços da população, acredito que algo exagerado na época, mas pode ser possível, não dá para descartar a possibilidade.
D. Fernando

Em Portugal a Peste chegou finalmente em outono de 1348 matando um terço ou a metade da população, claro isso causou o caos na nação, em 1352 a Corte Portuguesa foi convocada para restaurar a ordem. Após a peste uma revolução no reinado de D. Fernando eclodia, um efeito indireto da Peste fez com que houvesse uma guerra civil entre os da pequena nobreza e burguesia contra os da alta nobreza, burguesia e Casa Real já enfraquecida, que devido a Peste estavam usando de sua autoridade e tirania para reconstruir os danos causados pela doença, não satisfeitos se juntam ao Reino de Castela afim de ganhar a guerra, mas essa revolução fica para outra postagem.

A Batalha de Aljubarrota


A Peste se ia e voltava para Portugal varias vezes assim que novos hospedes nasciam e foi assim até o  final do século XVII, em Lisboa no ano de 1569 a epidemia volta com força matando cerca de 600 pessoas por dia assim totalizando mais ou menos 60.000 mortos pela doença, a ultima epidemia da Peste em Portugal foi em 1650.

Página 3 ---->

26 de março de 2020

Apocalipse: O Diário Infectado


31/03/2020

Eu volto a escrever justamente porque aqui se acalmou, as pessoas resolveram seguir os protocolos de Quarentena mas bastou pouco tempo e começaram a ignorar cada vez mais, pessoas ainda indo em festas e tirando fotos do evento, indo para praia, ou indo visitar as pessoas nas suas casas, foi em questão de pouco tempo para o contagio aumentar e as mortes surgirem ainda mais, o ser humano é sociável demais, não aceitam se isolar, isso causou ainda mais problemas, eu continuo me isolando.

Será que deveríamos ficar aqui por mais tempo ainda? tudo está ficando contaminado, se torna um perigo quase até que ir na rua para levar o lixo.

04/04/2020

Disseram no inicio da pandemia que no inicio de Abril tudo estaria controlado e bem, e que poderíamos sair de casa para viver nossas vidas, fim da quarentena né?! É parece que não, a quantidade de gente infectada quadruplicou, e os mortos? Não tinham nem onde deixa-los, foram empilhados atras de caminhonetas do exercito, nem cemitérios nem crematórios davam conta, algumas ruas foram fechadas, e fizeram um crematório no meio das cidades, pilhas e pilhas de corpos sendo queimados e todo mundo assistindo, pelo menos o pouco de gente que sobrou pelas cidades, lugares com bastante espaço foram usados como hospitais para abrigar infectados e corpos, mesmo assim não deu conta de tanta gente, escolas onde crianças aprendiam virando um necrotério... O que vai ser do mundo?

16/04/2020

Eu definitivamente estou passando fome, agora sim, as pessoas que precisávamos morreram, as pessoas que fazem colheitas, quem carrega naqueles caminhões, então... os mercados estão vazios e as pessoas agora assaltam, arrombam casas e até matam se necessário para sobreviver, eu mesmo fui em locais onde as autoridade costumavam estar, bombeiros, polícia, eles já nem estão mais atuando, a maioria esta morta ou fugiu para longe do caos, eu peguei armas e coletes, e continuei em casa, fazendo de conta que não estava mais ali, fazendo o minimo de barulho possível, melhor horário para sair é a noite, ao dia você se torna visível demais, e a noite não existe mais luz das casas ou postes, acabou a energia elétrica já faz um tempo... Tem alguém saqueando algum lugar aqui perto, vou ficar de olho.

20/04/2020

Eu até então usava o PC para digitar o que estava acontecendo, voltamos para o velho lápis e papel, esqueci como era bom escrever assim, me sinto vivo, ou deixando uma parte da história viva para que a humanidade lembre o que aconteceu e o que foi feito nesse tempo difícil. estou agora guardando o máximo de coisas possíveis em uma mochila, sinto que não poderei ficar aqui por mais tempo, não para para levar tudo nas costas como num filme, nem levar um carrinho de compras cheio por aí, eles te roubam fácil assim. Temos que sobreviver como podemos...

23/04/2020

Alguns Lideres mundiais sobreviveram, e fugiram como ratos, desde o inicio muitos deles ignoravam as recomendações de quarentena, e incentivavam as pessoas a sair e também ignorar pois era só uma "gripezinha", se já não fosse suficiente em meio ao caos pandêmico, terremotos, tsunamis e enchentes ocorreram em muitos lugares do mundo, as pessoas sofriam ataques naturais de todos os lados, além disso nem seus lideres os acalmavam e ajudavam.

                                        Continua...
Relatos Anteriores

25 de março de 2020

A Peste Negra (parte 1/3)

O terror das Pandemias Mundiais!


Durante Séculos esse assunto domina os assuntos de Pandemias Mundiais, mas porque exatamente? O que fez o mundo em frente a essa terrível ameaça? E os Nobre e os Clérigos da época se safaram da doença?

Essa doença se espalhou por toda a Eurásia entre os anos de 1346 e 1353 matando cerca de 75 a 200 milhões de pessoas através de uma bactéria chamada Yersinia pestis transmitida pela pulga do rato-preto, outros roedores no entanto podem possuir essas pulgas, acredita-se que essa doença tenha surgido na Ásia Central e se espalhou através da Rota da Seda aí então alcança a Crimeia finalmente em 1343. Essa praga pode ter reduzido a população mundial de 450 milhões para 350 ou 375 milhões em meados do século XIV a população continuou reduzida assim até meados do século XVII e continuou aparecendo lá de vez em quando até desaparecer da Europa somente no século XIX.

A população de Ratos nas Cidades era muito grande, e o ser humano vivendo em meio a eles por pobreza ou em lugares precários tornava a disseminação da Peste muito mais fácil e rápido, claro que essa doença interferiu na economia da época, e teve impactos sociais e religiosos, assim afetou também o curso da História, vocês se perguntam como exatamente se disseminou essa peste? ou em que momento? Bem, vamos para o próximo paragrafo.

Durante um cerco feito pelos Mongóis à colônia genovesa de Caffa, Crimeia, pelo  khan da Horda de Ouro, Jani Beg, esse cerco durou 2 anos até começarem a morrer a míngua por uma peste que surgiu com eles mesmos, não satisfeitos com a derrota invisível resolveram catapultar os mortos na Colônia para que esses morram da mesma forma, claro o caos foi instaurado e os corpos eram tantos que eles queimavam os corpos em piras, sim, eles tentaram fugir da peste em navios e isso fez com que tudo piorasse e os ratos levados pelos navios espalharam suas pulgas com outros ratos de outras cidades, assim a primeira cidade contaminada foi Constantinopla lá por maio de 1347 e assim como o vírus que estamos vendo hoje você pode imaginar que se espalhou de certa forma da mesma maneira.

Não meus caros historiadores, estudantes, e curiosos a roupa usada da Peste Negra não foi usada no início da pandemia e sim inventada e usada lá por 1619 por um médico chamado Charles de Lorme, antes de tudo isso na Idade Média ainda acreditavam que os culpados da Peste Negra eram os Judeus que envenenaram o mundo, então matavam todos que encontravam queimados, o Papa Clemente VI deixa um relato depois que sobreviveu a Peste, explicando tudo. Página 2 ----->

Charles de Lorme


A roupa usada na Peste Negra inventada em 1619

24 de março de 2020

Apocalipse: O Diário Infectado

Diário Infectado


14/03/2020

O mundo está por um fio da extinção, não sei exatamente o que aconteceu, as coisas não eram muito faladas, sei que os hospitais lotaram e as pessoas surtaram, claro, houveram pessoas que não deram bola para a gravidade da situação, espalhando ainda mais o vírus, se tornando uma Pandemia, espero que tudo esteja bem e tudo isso passe logo.


16/03/2020

Hoje acordei bem, peguei meu celular e logo vi uma chuva de notícias ruins, o número de mortos pelo vírus só aumentou, fico pensando na minha família, estou distante deles e pelo que sei as autoridades alertaram que o melhor a fazer era ficar em casa e não ficar passeando por aí, eu precisava ir ao mercado, na farmácia, e resolver umas coisas no centro, o que eu vou fazer? meus avós e bisavós estão vivos, e o vírus pelo que é explicado ataca as pessoas mais debilitadas, os idosos principalmente... Eu liguei para eles e eles disseram que está tudo bem, meus bisavós se recusaram a ficar em casa, acham que isso é besteira, assim como todas as pessoas por enquanto.

18/03/2020

Pelo menos temos Internet e TV em casa ainda, eu tomei os devidos cuidados como recomendado e fui ao mercado, as pessoas surtaram, eram muitos pegando comida na tentativa de estocar tudo que podem, eu peguei apenas o básico, pois já tenho o suficiente em casa, mas nas ruas ainda vejo muita gente ignorando o acontecimento, muitos ainda não tomam os devidos cuidados. O Coronavírus ou como estão falando "COVID-19" começou na China a 1 mês eu acho, rapidamente eles entenderam a gravidade da situação, mas assim como todo lugar, deram de ombros, tão comum o contato entre as pessoas, festas, conversas e risos em um final de semana depois de dias cansativos de trabalho, as pessoas pagaram um preço caro por isso.

19/03/2020

O vírus foi silencioso, e se espalhou numa velocidade inacreditável, sendo um professor de história tentei fazer um mapa mental das doenças pela história e vimos, Peste Negra, Gripe Espanhola, Varíola, Sarampo, Ebola, H1N1 uma variante da Gripe Espanhola, e muitas outras, tentei ver o erro humano na prevenção mas é sempre o mesmo, ignorância, falta de atenção e pobreza, essas principais coisas causam a morte generalizada da população. Mas as pessoas não sabiam quando estavam com o COVID19? Não, os sintomas levavam dias para se manifestar, de 7 ou 15 dias depois do contagio, um tempo suficiente para que antes de ser combatido ele infectasse mais meia duzia de pessoas sem ser percebido, o pavor das pessoas estava começando a se mostrar mais forte, a noite cai e lá fora nas ruas tudo é silencioso, nem as faixas mostram tanto movimento, espero que amanha esteja melhorando as coisas.

22/03/2020

Demorei um tempo sem escrever, me enganei no que falei antes, as coisas pioraram e muito, a morte era quase certa quando se contraia o vírus, falaram que afetava só os debilitados e idosos, mas na verdade o vírus se modificou "evoluiu" e ficou ainda mais forte matando qualquer um que o contraísse, claro que as pessoas pobres e debilitadas com baixa imunidade sentiram a batalha contra esse inimigo invisível muito de perto, os pontas de lanças (chamo os médicos e enfermeiros assim) não estão dando conta de tanta gente e até eles estão morrendo por causa do vírus, se eles se forem o que iremos fazer? lutar contra isso sozinhos.

23/03/2020

As pessoas passam a viajar para longe do caos a fim de ficar com as suas famílias, um erro fatal, esses condenaram seus próprios entes queridos além de disseminar ainda mais o vírus, Lideres de todo o mundo alertando sobre a Pandemia, obvio que alguns lideres falavam besteira e ignoravam a situação, achando-se deuses perante o acontecido, igrejas se aproveitando da situação para espalhar seu charlatanismo, o mundo entra em caos total, pessoas passaram a roubar os mercados, presos fogem das cadeias e saqueiam casas e outros estabelecimentos, os países mais pobres que foram infectados nem tiveram chance de se protegeram, padeceram em dias, a economia mundial cai precipício a baixo, tenho medo, pois sou vulnerável a violência pois estamos nas cidades grandes, Ainda tenho fé que tudo vai melhorar.

29/03/2020

Fiquei bastante tempo sem dar notícias, mas estamos bem, os animais passaram a frequentar as ruas despreocupados, pois os humanos já não transitam mais com frequência pelas ruas, fomos forçadas a ficar em quarentena, isolados dentro de casa, se nos pegam na rua a coisa meio que enfeia para nós, está virado numa ditadura com toque de recolher rigoroso, ainda temos a tele entrega das farmácias, mercados e restaurantes, mas até quando? acho que vou ficar mais um tempo sem escrever, existem pessoas passeando frequentemente nas ruas e isso está me assustando.

                                                        Continua...