15 de março de 2016

Dolores Farias da Rocha

Mãe de Leonidia Rosa Dimer

Dolores Farias da Rocha nasceu em 17 de fevereiro de 1927 em Taquari no Rio Grande do Sul, possuía o ensino fundamental completo, ela começou a trabalhar aos seus 18 anos na Arrozeira Brasileira (uma fabrica de produção de arroz, não sei se ainda existe.) também trabalho na wallig uma fabrica de produção de fogão a gás, após a empresa falir trabalhou em uma confecção de costureira onde ficou até sua aposentadoria. Dolores trabalhou muito em uma época que não era comum as mulheres trabalharem dessa forma, todos a chamavam de vó Lola. Ela teve 2 filhas, Nilza Terezinha Rocha Rosa, Leonidia Rocha Rosa, foi uma mãe sempre atenciosa e com seus netos gostava de mimar, Dolores faleceu em 10 de maio de 1988 aos seus 61 anos.














Fotos curiosas:






Dolores pagando o aluguel de onde morava (qual será a nota antiga que ela usara, kkkk).

























                              Dolores perto de seus 60 anos.







7 comentários

  1. Leonidia Rosa Dimer15 de março de 2016 20:02

    Ficou linda a publicação meu anjo, é parte importante da sua história , e eu tenho certeza que você teria adorado a sua bisa se com os netos ela era uma criança , imagina com os bisos.

    ResponderExcluir
  2. Minha sogra foi uma pessoa muito especial,saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que falaram dela devia ser uma pessoa muito especial mesmo!

      Excluir
  3. Eu lembro tão bem da vá Lola e com tantos detalhes!
    Queria que ela tivesse conhecido os bisnetos, ela era uma pessoa muito especial!
    Até hoje lembro o cheiro do sabonete que compraram pra levar pra ela no Hospital....e depois da música que eu estava escutando quando soube que ela não resistiu....
    lembro da voz dela me chamando de "animalzinho"....saudades!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ta bom não conheço tão bem assim......

      Excluir
    2. Leonidia Rosa Dimer15 de março de 2016 21:01

      Pois é meu anjo , ela era isto , maluca e carinhosa , doce e briguenta , uma força da natureza , simples assim . Tenho muita pena por termos tido tão pouco tempo com ela , tenho muitas saudades.

      Excluir