7 de julho de 2016

História da Família Bordignon!

História da Família Bordignon!


A Família Bordignon parece ter vindo da Itália mais precisamente de Veneto, os Vênetos tinham mais preocupações com criações, construções e comércio,   Homero os chama em Ilíada como "Henetoi" descendentes diretos dos Troianos.












Onde se situa Comuna de Romano d'Ezzelino, e um pouco ao sul do povoado de Fellette existiu um grupo de casas com a designação geográfica de "Bortignoni" onde a séculos vem sendo habitado pela nossa Família onde nasceu também Zuanne Burtignon 1574 e com ele nossa Família obviamente.

A Família é mais antiga do que parece, no entanto alguns ramos da família trabalharam como camponeses e a vida não era muito fácil, e talvez outros que aderiram ao mesmo nome agora conhecido como "Bordignon" tomaram outros rumos.

O significado do nome Bordignon é só voltar a sua forma primitiva que era "Burtignon" usado entre 1500 e 1600 depois foi aprimorado para Bortignon em meados de 1600 apenas em torno de 1800 o nome foi aprimorado para "Bordignon" e "Bordegnon" e o nome "Bordinhão" veio apenas no final de século XIX. Vamos ver por ordem os nomes que existem ou existiram: Burtignon, Bortignon, Bordignon, Bordegnon, Bordinhão.

O nome Burtignon "Burt" tem raiz germanica mas seu significado não foi encontrado apenas "Burg" que significa (castelo, burgo, cidadela, ou vila). Provavelmente eles possuíam uma grande importância em meio a sociedade, ou eram burgueses.

O nome Bordignon pode também ter vindo das tribos dos bárbaros.... Sabemos de onde originou o nome Bordignon, mas de onde foi originado o nome Burtignon? Um dos povos que habitou a Dinamarca no primeiro século da Era Cristã, povo que se chamava Bornhõlm que antigamente se chamava Burgundarholm que era terra dos Borguinhões ou Borgúndios.



Brasão da Família:





O Escudo da Familia possui esse castelo no meio que simboliza nobreza da Família.

O vermelho ao fundo talvez represente as guerras ou voracidade.

O verde a baixo da torre representa as terras da família provavelmente.















Estão vendo o Elmo ele está virado para a esquerda isso simboliza honra.

O amarelo que tem no elmo representa o ouro, riqueza, nobreza, fé, além de simbolizar a alegria, o sucesso, longevidade.

A pedra preciosa que está logo a baixo do elmo representa defender o bem e a honra, e para lutar até a morte por seu país.

A viseira do Elmo aberta simboliza a glória.

22 comentários

  1. Respostas
    1. Sim Paulo, existe sim, eu possou um exemplar de uma das edições, ao todo existem 3 volumes, o meu exemplar é da edição de 1998 (2 volume), a ultima edição foi publicada em 2015(3 volume), não sei se tem para venda.

      Excluir
    2. Seria interessante formatar em pdf o livro,devido sua dificuldade em achar.

      Excluir
  2. mto bom... minha ascendência pelo lado de minha avó paterna é bortignon... mas apresenta .... veneto... italia... giustina bortgnon que casou com domenico giovanni bonato... consegui até o registro de casamento dos 2... salvo não falhe minha memória... na historia... a familia bortgnon era uma familia real na austria.. bem proximo a veneto...

    ResponderExcluir
  3. Acredito que meu sobrenome venha dessa família então.

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho o livro, minha mãe é Bordignon.

    ResponderExcluir
  5. Ótimo trabalho. Minha avó materna veio da Itália com 2 anos. De sobrenome Bordignon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou neta de Maria Edna bordignon
      Á família dela também veio da Itália e desembarcaram no Rio Grande do Sul
      Fato é que estamos tentando localizar a famila dela pra entender o que aconteceu ...
      Descobrimos recentemente que ela usava o nome da irmã
      E seu verdadeiro nome nos parece que era Maria nina bordignon ou sabina bordignon não sabemos ao certo
      Sabemos que fugiu com meu vo
      Mas não sabemos o porque
      E era um tabu perguntar
      Não podia se falar nisto
      Nos parece que ela tinha um irmão chamado angelo bordignon
      Nos gostaríamos muito de encontrar a família dela e entender está história

      Excluir
  6. Minha bisavó também. Albina Bordignon.

    ResponderExcluir
  7. Tenho a primeira e tambem a segunda edicao. Preciso encontrar a terceira. Essa de 2015.

    ResponderExcluir
  8. muito interessante , gostaria de saber mais

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Rodrigo, está sendo feita ainda a atualização do livre com nome dos descentes??? Se positivo, sabe como faço para adquirir e atualizar?

    ResponderExcluir
  10. CELSO LUIZ BORDIGNON15 de agosto de 2018 15:41

    Possuo as duas primeiras edições do livro da família. A edição de 2015, eu não tinha conhecimento. Igualmente aos demais parentes, também gostaria de adquirir a edição de 2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá celsi Luiz bordBordi sou Rui Martins Junior neto de Reinaldo Bordignon e Lídia Bordignon tenho uma página no Facebook descendentes da família Bordignon e gostaria de saber se é possível você compartilhar estes volumes com os outros descendentes da família meu e-mail e ruimartinsjunior@gmail.com qualquer coisa entra em contato blz e prazer.

      Excluir
  11. Muito bacana descobrir nossas raízes, sou bordinhao, gostaria de saber mais sobre!!!

    ResponderExcluir
  12. Vinicius Bordinhão10 de novembro de 2018 11:21

    Meu avô é Bordinhão por um erro de registro. Era para ser Bordignon.

    ResponderExcluir